segunda-feira, novembro 07, 2005

...de cor e paixão

"Se Deus quiser
um dia eu quero ser indio
viver pelado, pintado, de verde
num eterno domingo
ser um bicho preguiça
e espantar turista
E tomar banho de Sol, banho de Sol, banho de Sol...

Se Deus quiser
um dia acabo voando
tão banal assim como um pardal
meio de contrabando
desviado e estilingue
deixar que me xinguem
tomar banho de Sol, banho de Sol, banho de sol...

Se Deus quiser
um dia eu viro semente
e quando a chuva molhar o jardim
ai eu fico contente
e na primavera vou brotar na terra
e tomar banho de Sol, banho de Sol, banho de Sol...

Se Deus quiser
um dia eu morro bem velha
na hora H quando a bomba estoirar
quero ver da janela
e entrar no pacote, de camarote
e tomar banho de Sol, banho de Sol, banho de Sol...

Mas e se me der na telha
sou capaz, de enlouquecer
e mandar
tudo praquele lugar
e fugir com você, pra Shangrilá
e me deixar levar
por um beijo eterno
do seu corpo envolvente
mais quente que inferno

baila comigo, como se baila na tribo
baila, baila comigo
lá no meu esconderijo
baila comigo, como se baila na tribo
baila, baila comigo
lá no meu esconderijo..."

de Rita Lee: " Baila comigo"

2 comentários:

Silver Fox disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
(l' excessive) disse...

Nooooossa!!!
Seu desenho é DEZ!!!!
Muito bom mesmo!