quinta-feira, janeiro 25, 2007

...(re)tocado


O meu amor
Tem um jeito manso que é só seu
E que me deixa louca
Quando me beija a boca
A minha pele toda fica arrepiada
E me beija com calma e fundo
Até minh'alma se sentir beijada, ai
O meu amor
Tem um jeito manso que é só seu
Que rouba os meus sentidos
Viola os meus ouvidos
Com tantos segredos lindos e indecentes
Depois brinca comigo
Ri do meu umbigo
E me crava os dentes, ai
Eu sou sua menina, viu?
E ele é o meu rapaz
Meu corpo é testemunha
Do bem que ele me faz
O meu amor
Tem um jeito manso que é só seu
De me deixar maluca
Quando me roça a nuca
E quase me machuca com a barba malfeita
E de pousar as coxas entre as minhas coxas
Quando ele se deita, ai
O meu amor
Tem um jeito manso que é só seu
De me fazer rodeios
De me beijar os seios
Me beijar o ventre
E me deixar em brasa
Desfruta do meu corpo
Como se o meu corpo fosse a sua casa, ai
Eu sou sua menina, viu?
E ele é o meu rapaz
Meu corpo é testemunha
Do bem que ele me faz

(Chico Buarque, 1977)
(esta letra 'trazidinha' do Simplesmente louco, fez-me lembrar ke eu gostava de cantar esta canção, rs, :)

6 comentários:

Mila disse...

Então mais uma, desconheço se tá musicada, mas a letra....
http://www.astormentas.com/din/poema.asp?key=3502&titulo=Sem%20açúcar

A.J.Faria disse...

Tem uma letra fantástica, concordo na integra!

Um grande beijinho!

A.J.Faria disse...

Olá, Crix!
Um bom domingo!

Bjs

Plum disse...

E dei por mim a cantarolar eheh!!!Muito bom!Abraços!*

Mário disse...

ora viva
a arq. tem mesmo bom gosto.
obrigado por partilhá-los
mário

Crix disse...

Eu é que fico feliz com as vossas visitas...
Um beijinho mário e rápidas melhoras
E se deste modo contribuir para ajudar a passar o tempo de recuperação, melhor...rs