sexta-feira, março 23, 2007

...com a borboleta

Passa uma borboleta por diante de mim

E pela primeira vez no Universo eu reparo

Que as borboletas não têm cor nem movimento,

Assim como as flores não têm perfume nem cor.

A cor é que tem cor nas asas da borboleta,

No movimento da borboleta o movimento é que se move,

O perfume é que tem perfume no perfume da flor.

A borboleta é apenas borboleta

E a flor é apenas flor.


Alberto Caeiro

É um privilégio e um prazer tão grande observar coisas tão simples como uma borboleta a visitar o nosso jardim...

3 comentários:

Jardineira aprendiz disse...

:o)
Subscrevo!
Bjinho

Mila disse...

Essa borboleta , estava no teu jardim?......Parabéns

Eva disse...

Nas coisas simples estão os grandes prazeres da vida.

Beijo e booooom fim de semana