domingo, novembro 19, 2006

...sem limites

Pudesse eu não ter laços nem limites
Ó vida de mil faces transbordantes
Para poder responder aos teus convites
Suspensos na surpresa dos instantes!
Sophia de Mello Breyner Andreson

5 comentários:

A.J.Faria disse...

Olá, Crix!
Muitas vezes, somos nós próprios que criamos os nossos laços e limites, o que condiciona a resposta aos convites ou questões que a vida nos coloca.

Uma boa semana de trabalho!
Bjs

Mystic's disse...

Pois é... Compreendi-te ;)

Mila disse...

Como esta tal de sophia nos tira as palavras da boca...
Será que isto foi uma resposta para mim? Aos meus desafios ?

Plum disse...

"Pudesse eu não ter laços ou limites." A tão desejada liberdade!abraços!*

Plum disse...

Bom fim de semana!abraços!*