sexta-feira, março 30, 2007

...de Florbela

Amo as pedras, os astros e o luar
Que beija as ervas do atalho escuro,
Amo as águas de anil e o doce olhar
Dos animais, divinamente puro.

Amo a hera que entende a voz do muro
E dos sapos, o brando tilintar
De cristais que se afagam devagar,
E da minha charneca o rosto duro.

Amo todos os sonhos que se calam
De corações que sentem e não falam,
Tudo o que é Infinito e pequenino!

Asa que nos protege a todos nós!
Soluço imenso, eterno, que é a voz
Do nosso grande e mísero Destino!...
Florbela Espanca, Voz que se cala

4 comentários:

eu... disse...

adorei o teu blog

Plum disse...

Passei para te desejar um óptimo fim de semana!Abraços!*

entre linhas disse...

Blog muito fresco,com o perfume de uma nova Primavera,muito divinal.

Bom fim de semana

Bjs Zita

Meu Destino disse...

ola andava por aqui a passear e reparei num comentario teu e vom espreitar o blog, que giro és das caldas perto de mim e resolvi ler o teu blog, tens palavras muito lindas para bens uma boa semana e te deixo aqui o meu blog se quizeres visitar, é diferente do teu mas espero que gostes
Helena
http://pontos-helena.blogspot.com/